inscreva-se: 0800 941 4444
Você está em: Faculdade Santo Agostinho > Graduação > > Engenharia Civil

Engenharia Civil

 

PERFIL DO CURSO

O Engenheiro Civil é o profissional habilitado à gestão de organizações na área de Construção Civil,tanto como contratado,quanto gerindo seu próprio negócio,como profissional liberal e empresário,ou assumindo trabalhos como Responsável Técnico em todas as etapas dos projetos de construção civil,tendo como possíveis campos de atuação:

* Obras de infraestrutura (rodovias,ferrovias,viadutos,portos,metrôs e viadutos);
* Obras de saneamento básico (redes de captação e distribuição de água e estações de tratamento de água e esgotos);
* Projetos,gerência e execução de obras de barragens,canais,reservatórios,sistemas de irrigação,drenagem ou obras costeiras;
* Gerência de recursos prediais e obras civis;
* Construção urbana (edifícios residenciais/ comerciais e grandes instalações,estádios esportivos,shopping centers,aeroportos,etc.);
* Estruturas e fundações (fundações e estruturas de concreto,madeira ou metálicas);
* Indústria de materiais e controle tecnológico;
* Projetos Urbanos;
* Projetos de Transportes.

Os profissionais egressos da FSA,estarão aptos,ainda,a ocupar cargos de chefia e coordenação junto a empresas públicas ou privadas,bem como se dedicar a atividades que exijam liderança e capacidade na tomada de decisões.

ACESSE AS NOTÍCIAS RELACIONADAS AO CURSO


ACESSE OS DOCUMENTOS DO ALUNO:

MERCADO DE TRABALHO

O engenheiro civil pode atuar como profissional liberal, em empresas do segmento privado ou público, nas mais diversas áreas de suas atribuições com destaque para:

Construções/Edificaç...

LER MAIS

Tipo de Formação

Duração

10 Semestres

Carga Horária Total

3.648 hora/aula

Horário do curso

Tarde: 14h às 17h30 | Noite: 18h30 às 22h

Investimento

R$ 1.082,06


DESCONTO de 5% da 2ª a 6ª parcela do semestre para pagamentos até o vencimento. Na 1ª parcela do semestre, o pagamento é integral.

Valor da mensalidade com desconto: R$1.027,95.

Obs: A FSA se reserva no direito de não oferecer o curso, caso o número de matrículas seja inferior a 40 alunos.